Pai de órfãos

•22 de novembro de 2011 • 1 Comentário

Não nos salvará a Assíria, não iremos montados em cavalos, e à obra das nossas mãos já não diremos mais: Tu és o nosso deus; porque por ti o órfão alcança misericórdia. Oséias 14:3

Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus, no seu lugar santo. Deus faz que o solitário viva em família; 

Salmos 68:5-6

Temos visto nos dias de hoje uma geração perdida. Mas esta geração apenas espelha os conflitos que foram crescendo na geração passada. Legalidade sexual, drogas, divórcios, abortos, pessoas que trabalham freneticamente por dinheiro. Isto fez com que grande parte das pessoas da geração atual crescessem sem um referencial de família, de autoridade e o pior de tudo: SEM UM REFERENCIAL DE PAI.

A figura paterna é tão importante em nossas vidas. Ela retrata a confiança, o respeito, o carinho e o amor incondicional. E a ausência da figura do pai na vida das crianças e jovens  desta geração têm causado um afastamento de Deus. Quando estes pequenos e jovens pensam em Deus como um Pai, não conseguem enxergar o amor, o carinho, o cuidado, o respeito. Eles enxergam o autoritarismo, a ausência, e indiferença.

E o pior disto tudo é que temos visto dentro de várias igrejas a ausência de um pai espiritual. O inimigo tem roubado isto dos líderes cristãos e quando estes pequeninos e jovens chegam na igreja, continuam a se sentir órfãos.

Mas como mudar isso?

A igreja de Cristo precisa tomar uma atitude. Se não houver amor pelos órfãos, a igreja não tem sentido. Se não estendermos a mão às viúvas, a igreja não tem sentido.

A palavra de Deus fala que o Senhor é pai de órfãos. Ele está de braços abertos, cheio de amor, de aceitação, de carinho, de afeto. E  nós podemos sentir tudo isso, indiferente do que já passamos na nossa vida, de quem são os nossos pais, do que fizemos, de quem somos hoje; quando aceitamos a Jesus recebemos o espírito de adoção pelo qual clamamos Aba pai!

Não existe nada melhor do que saber que o Aba nos ama e que ele está de braços abertos para nos receber e nos encher com o seu amor.

Jesus no Getsêmani!!

•15 de agosto de 2011 • Deixe um comentário

 

Lá estava Ele. Derramando a sua alma por amor àqueles que o Pai amava. Não era uma tarefa fácil. Não era algo prazeroso de se passar. Aquele cálice era amargo e Ele estava se preparando para tomá-lo.

E onde estavam aqueles que diziam que o amava? Ele apenas lhes pediu que vigiassem com Ele, que participassem do momento onde ele derramaria a sua alma por amor da humanidade. Mas eles não suportaram e caíram no sono.

E quando a sua hora chegou e o traidor lhe beijou com o beijo da morte, o que fizeram aqueles que diziam que o amava? Se espalharam. Pedro lhe seguia enquanto era levado aos fariseus. E quando Pedro foi questionado se ele era um daqueles que compartilhavam do seu amor, ele o nega. E neste momento Jesus lhe olha com um olhar de compaixão, com um olhar de amor, com um olhar que lhe despedaçou, pois o amor dele constrange.

E o que tem feito a nossa geração? O que temos feito nos momentos onde Ele para diante de nós derramando do seu amor? Temos bebido deste cálice com ele? Temos deixado estes laços de amor nos envolverem? Ou temos virado as costas e o negado diante do seu altar?

Não deixe que o amor de Deus te passe de longe.

 

Não disperdice o amor que ele derrama sobre você. Pois é chegado o tempo onde muitos o procurarão e não o encontrarão.

 

BARGANHA!

•9 de agosto de 2010 • Deixe um comentário

 

Muito diferente do que alguns acreditam o nosso amor por Deus e o amor Dele por nós não está relacionado a trocas.

Não deveríamos amar as pessoas pelo que elas podem nos oferecer. Com Deus deveria ser desta forma também.

Mas hoje vemos no nosso dia-a-dia pessoas que dizem “amar” ao próximo por mero interesse. Será que Jesus era assim?

Lemos a palavra de Deus e vemos um Jesus que não barganhava pelo amor e aceitação do povo. Jesus não saía pelas ruas oferecendo uma cura em troca de amor, ou então expulsando ao espíritos daqueles que se comprometessem a segui-lo por qualquer lugar.

Tudo o que Jesus fazia era livre de qualquer dívida. Jesus fazia tudo por compaixão. Ele nunca barganhou para ganhar o nosso amor. Ele nunca disse: “Filho, se você me amar, aí então eu irei te amar.”

Devemos agir da mesma forma com Deus. E se você nunca vivesse um milagre na sua vida? E se você nunca andasse sobre as águas? E se você nunca ouvisse a voz de Deus? E se Deus nunca te fizesse próspero? Ainda assim você o amaria? Não pelo que ele pode fazer, mas por tudo o que ele já fez por você? Você seria capaz de amar a Deus só de saber que Ele morreu naquela cruz por você?

Se você respondeu sim para as perguntas acima, acredito que você está caminhando para viver um amor incondicional por aquele que nos ama incondicionalmente!

NÃO BARGANHE COM DEUS!!! VIVA INTENSAMENTE COM ELE SEM ESPERAR NADA EM TROCA E DESTA FORRMA VOCÊ VIVERÁ AS LOUCURAS DE DEUS NA SUA VIDA!!!

Desesperados por Ti!

•9 de agosto de 2010 • Deixe um comentário

Aonde estão os desesperados por Deus????

Tenho visto pessoas desesperadas por muitos motivos: algumas desesperadas em ganhar dinheiro, outras desesperadas pelo seu time de futebol, outros desesperados por mais uma pessoa que não está lhe dando bola, outras desesperadas para saberem o fim da novela, outras desesperadas com medo da morte.

Infelizmente algo que têm sido perdido é o desespero por Deus. O desespero pela presença Dele. As pessoas dizem-se apaixonadas por Deus, mas não são desesperadas por ele. São pessoas que se passam de segunda a sexta-feira fazendo o que bem entende, sem se quer falar com Deus, sem adorá-lo sem ler da sua palavra e quando chega no final de semana quer bancar de crente. Estou cansado de ver cristão domingueiros. Desculpe se serei um pouco ríspido, mas Deus está passando de longe de pessoas desse tipo. Como diz a sua palavra: “Assim porque és morno, vomitarte-ei…”. Ó Deus tem misericórdia do seu povo.

HEI!!! ACORDEM! Está na hora de vivermos coisas nvas com Deus e hoje ele só irá liberar algo novo sobre um povo desesperado pela sua presença. Leiam a história dos avivamentos. Os pais ods avivamentos não eram pessoas normais. Eram pessoas totalmente desesperadas pela presença de Deus. Pessoas que estavam dispostas a abrir mão de qualquer coisa, simplesmente para viver algo novo com Deus, simplesmente pelo prazer de estar na presença Dele e sentir Ele de perto.

É isso que eu quero viver e é isso que Deus espera de haja em nosso coração. DESESPERO pela presença Dele.

Desculpe se isso é uma novidade para você: Deus prefere um povo desesperado, do que um povo que cumpre algumas ‘regrinhas’ que Deus colocou.

PENSE NISSO!

Deus, Onde estás?

•18 de janeiro de 2010 • 1 Comentário

“Deus, onde estás? Temos visto destruição, mortes, lugares sendo simplesmente dizimados pela natureza? Porque o Senhor tem deixado isso acontecer? Se é que realmente o Senhor existe.”

“Filhos, gostaria muito que todos soubessem o que estou sentindo, mas muitas vezes ninguém se importa com o que se passa no meu coração. Tenho sofrido juntamente com cada pessoa que está soterrada embaixo dos escombros de sua casa, tenho sofrido com cada pessoa que perdeu tudo aquilo que por muitos anos lutou para ter, tenho sofrido com as pessoas que sentem que a sua história foi perdida. Eu tenho estado do lado de cada um deles, enxugando as suas lágrimas e os consolando quando eles me permitem entrar na vida deles.

“Eu sou um Deus justo. Nunca agirei na injustiça. Há tempos tenho alertado a todos que tudo o que vocês vivem são um reflexo daquilo que etá ao seu redor e infelizmente o que menos eu tenho visto sendo declarado é o meu amor. As pessoas têem escolhido ficar longe de mim e quando o pior acontece me chamam de injusto porque eu não as protegi.”

Filhos, se eu interferir no livre arbitrio que lhes dei, a existência da humanidade perde o sentido. Eu os criei com o direito de escolha para que vocês escolhessem andar comigo e me amar. Mas quando vocês escolhem algo diferente, infelizmente eu não posso interferir no rumo da história. Não sou um tirano controlador. Sou um Deus, um Pai de amor.”

Não se esqueçam filhos, se vocês deixarem o meu amor incondicional invadir os seus corações, tudo será diferente. Eu garanto.”

Eu encontrei descanso em Ti!!!

•14 de dezembro de 2009 • Deixe um comentário

 MATEUS 11:28-30

28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
30 Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

 

   Muitas vezes reclamamos do fardo que estamos carregando. Talvez a situação financeira está apertada, talvez os seus sentimentos não sejam correspondidos, talvez você tenha alguma doença e aí você olha para Deus e diz: ‘Deus eu não aguento mais.’

  Mas será que voce precisa carregar este fardo? Talvez a resposta para a sua situação seja: ‘Não! Você não precisa carregar este fardo.’

  O que nós precisamos entender é que Jesus quer fazer uma aliança com a gente, e nesta aliança há uma troca: Nós carregamos o fardo Dele e Ele carrega o nosso fardo. Na passagem acima Jesus fala sobre aqueles que por anos têm carregado um fardo que é causado pela culpa do pecado, pelo peso de palavras contrárias, pelas escolhas mal feitas, pela imundícia do mundo. este fardo vai deixando você cada vez mais corcunda até que chega um determinado ponto onde você se rende a este peso e se entrega, sem forças para lutar.

Mas pelo seu infinito amor Jesus nos proporciona o seu fardo e nos explica qual é este fardo: Ser manso e humilde de coração. Olhando a simplicidade destas palavras sentimos que este é um fardo leve, mas infelizmente algumas pessoas escolhem por não carregar um ‘fardo’ de ser humilde e manso. Para algumas pessoas é preferível carregar doenças, infelicidade, desconfiança, peso de palavra e o pecado nas costas do que simplesmente se humilhar diante de Deus e aprender a ser totalmente dependente Dele. Espero que você que está lendo esta mensagem escolha por carregar um fardo tão leve que se chama humildade e dependência de Deus e deixar que Jesus leve sobre a cruz Dele os seu pecados, as suas dores, as suas aflições.

Descanse no Senhor. Este é o nosso fardo: Aprender a confiar Nele. Só podemos fazer isso quando entendemos o tamanho do amor Dele por nós. Viva este amor. Mergulhe neste amor. Descanse em pastos verdejantes. Deixe o Senhor te guiar por lugares altos e confie Nele, pois ele tem o melhor para você.

LÁGRIMAS!!

•26 de novembro de 2009 • Deixe um comentário

Hoje eu descobri que Deus coleciona lágrimas.

Exite um pote onde ele guarda lágrimas de tristeza, lágrimas de alegria, lágrimas de súplica, lágrimas de desespero, lágrimas que soltamos de tanto rir, lágrimas de emoção.

Cada lágrima tem um sabor, um cheiro, um sentido, uma cor, um propósito. Mas para que as lágrimas sejam utilizadas da maneira correta, precisam ser derramadas diante Dele.

Quando derramamos as nossas lágrimas diante Dele, estamos vivendo um relacionamento verdadeiro com o Pai. Um relacionamento onde compartilhamos cada momento com ele.

Deus nunca nos prometeu que quando andássemos com Ele, as lágrimas em nossas vidas cessariam. Mas Ele nos prometeu que Ele mesmo as enxugaria.

Não importa o motivo das suas lágrimas, você nunca estará sozinho enquanto as derrama. Deus está agora, aí do seu lado, estendendo Sua mão e enxugando as lágrimas que escorrem do seu rosto, para que mais tarde ele guarde no seu pote de lágrimas e possa fazer com que essas mesmas lágrimas reguem uma árvore de confiança e dependência Dele.

 

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.